Formosa do Rio Preto recupera nascentes

Foto: Secom | Formosa do Rio Preto

Com o nome sugestivo a nascente de  “Tal do Buriti Só”, que parece retratar a solidão do cerrado, localizado no Povoado de Arroz de Cima, em Formosa do Rio Preto, foi revitalizada durante o curso de “Recuperação e Proteção de Nascentes” promovido pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semmarh), de 11 a 13 de junho.

“Já estamos vendo a água jorrar e isso renova nossas esperanças de termos uma fonte de água permanente para o nosso dia a dia”, confessou Doutor do Arroz, um dos moradores da região beneficiado com a iniciativa.
O modelo empregado foi o método Caxambú, desenvolvido pela Epagri, que permite a proteção da nascente e a captação da água potável para uso humano e de animais. “É uma técnica social eficiente, que permite segurança e qualidade. A nascente “Tal do Buriti Só” está protegida contra soterramento e contaminação, agora é necessário proteger e revitalizar também as áreas de recargas do aquífero. Temos que ter um olhar voltado para o manejo integrado da bacia hidrográfica”, ensinou Rios, que já contabiliza mais de 200 nascentes recuperadas no currículo.
Leanderson Barreto | Secretário de Meio Ambiente de Formosa do Rio Preto (BA)

“O curso amplia o número de pessoas multiplicadoras da técnica para que tenhamos no município uma rede de proteção ambiental. A Secretaria do Meio Ambiente está desenvolvendo diversas ações de preservação e educação ambiental, a exemplo do Projeto Nascentes e do Formosa Sempre Verde, com plantio e doação de mudas de espécies nativas, e estamos promovendo capacitação para que a sociedade participe de forma efetiva de iniciativas que melhorem o ambiente em que vivemos”, assegurou o secretário do Meio Ambiente, Leanderson Barreto.

Participaram da capacitação técnica da Semmarh, professores, estudantes, Brigada Voluntária, Bombeiros Civis, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, representante da empresa Bom Amigo Doalnara Agropecuária  e comunidade em geral.
Ascom/Prefeitura de Formosa

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.