Integrantes de quadrilha que extorquiu funcionário de banco em Luis Eduardo Magalhães são presos

Operação em conjunta entre as Polícia Civil,  Militar e a Polícia Federal , prendeu três suspeitos de integrar organização criminosa responsável por roubos a bancos e extorsões de funcionários de instituições financeiras, em cinco estados da país. O trio foi preso ontem em Luís Eduardo Magalhães. Além da Bahia, a quadrilha praticou crimes em São Paulo, Piauí, Goiás e Distrito Federal.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), o trio era investigado desde o começo do ano, quando sequestraram a tesoureira de um banco em Luís Eduardo Magalhães, exigindo resgate de R$ 500 mil. Ainda segundo a SSP, o grupo é especializado na modalidade criminosa conhecida como “sapatinho”, que é a extorsão de funcionários de instituições financeiras.

A SSP destacou que Isaías Lopes de Sales, que utilizava nome falso de Robson Marques Herdeisa, José Francisco Sousa Costa Júnior e Benício Rodrigues Silva, foram encontrados após ações de inteligência, depoimentos e analise de imagens de câmeras de segurança.

Com o trio, foram apreendidos um revólver calibre 38, munições, oito aparelhos celulares, porção de maconha e documentos falsos.

Com o trio foram apreendidos um revólver calibre 38, munições, oito aparelhos celulares, porção de maconha e documentos falsos. — Foto: Divulgação / SSP

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.