Tríplex: Ministro do STF afirma que tem ‘dúvidas’ sobre crimes atribuídos a Lula

Ministro do STF Marco Aurélio Foto: Antonio Cruz | Agência Brasil

do Bahia Notícias

Dúvidas a respeito da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex de Guarujá, em São Paulo, foram levantadas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello nesta quarta-feira (24).

Lula foi condenado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato. “Eu tenho uma dúvida seríssima quanto aos dois crimes. Aí está em discussão: houve apenas a corrupção ou houve corrupção e lavagem?”, disse o ministro ao final da sessão da manhã desta quarta no STF.

O petista foi acusado de receber propina por meio de reformas em um apartamento que estaria reservado a ele pela construtora OAS. Pela denúncia do Ministério público Federal (MPF), Lula era o proprietário do imóvel, apesar de não ter havido registros de transferência formal da propriedade para o nome dele.

Um dos argumentos da defesa de Lula é de que não existem provas de que o ex-presidente teria sido beneficiado pelo apartamento, uma vez que ele nunca teria usado ou tido a propriedade do imóvel.

Sobre Darlan Alves Lustosa 3227 Artigos
Texto sobre o administrador do site.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.