PF faz busca na sede do PSL de Minas Gerais

Foto: Reprodução

A Polícia Federal (PF) faz na manhã desta segunda-feira (29) uma operação pra cumprir sete mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte e mais quatro cidades mineiras, relacionados à investigação de supostas candidaturas-laranja pelo PSL nas eleições de 2018. Na época, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, presidia o partido em Minas Gerais, mas ele não é alvo direto da operação.

Os mandados foram expedidos pela 26ª Zona Eleitoral de Belo Horizonte, e a operação recebe o nome “Sufrágio”. Houve a apreensão de documentos relativos à produção de material gráfico de campanhas eleitorais.

Desde fevereiro, a Justiça de Minas Gerais apura supostas irregularidades no repasse de recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha pelo PSL a quatro candidatas nas eleições de 2018.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.