Universidade na Bahia é alvo de intervenção do MEC por reservar vagas para transexuais

Sede da Unilab em São Francisco do Conde (Foto: Divulgação)

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira (16) que o vestibular para candidatos transgêneros, travestis, intersexuais e não binários que aconteceria na Universidade da Integração da Lusfonia Afro-Brasileira (Unilab), que tem sede em São Francisco do Conde na região metropolitana de Salvador, foi suspenso. A instituição é de administração federal .

Conforme divulgado pelo próprio presidente no Twitter, após a intervenção do MEC a reitoria da Unilab “se posicionou pela suspensão imediata do edital e sua anulação a posteriori”.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.