Em assembleia, PMs da Bahia anunciam greve; SSP nega e monitora ‘pequeno movimento’

Imagem: Alberto Maraux

Um grupo de policiais militares anunciou greve da categoria, por tempo indeterminado, a partir desta terça-feira (8). A decisão foi informada durante assembleia no final da tarde.

Segundo o site Bahia Notícias, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) nega a existência de um movimento paredista e trata a mobilização como um “pequeno movimento”.

Os policiais reivindicam, entre outros pontos, melhorias do Planserv, reforma do estatuto, reajuste do auxílio alimentação, um novo plano de carreira e Isenção de ICMS para aquisição de arma de fogo.

O comandante-geral da PM, Anselmo Brandão, negou o movimento durante a última semana. Sobre a possibilidade de greve por parte da PM-BA, Brandão amenizou e disse que

“não somos irresponsáveis para parar uma cidade por causa de pauta que sequer a gente analisa”,

ao se referir os pleitos sobre Planserv e RH Bahia de grupos de profissionais de segurança pública.

A assessoria da Polícia Militar também deve se posicionar em breve.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.