Cáritas Brasileira abre inscrição para o V Prêmio Odair Firmino de Solidariedade

A Cáritas Brasileira, organismo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), torna pública a quinta edição do Prêmio Odair Firmino de Solidariedade que traz como tema: A cultura da paz para a superação da violência. O Prêmio visa estimular ações de disseminação e divulgação da cultura da paz e da solidariedade. Esta edição integra a Jornada Mundial dos Pobres – Semana da Solidariedade, que se realizará de 11 a 18 de novembro de 2018.

A inscrição é gratuita – leia aqui o regulamento do V Prêmio Odair Firmino de Solidariedade  ou baixe o PDF – V Prêmio Odair Firmino de Solidariedade  -, e deve ser realizada no período de 23 de julho a 30 de agosto de 2018, exclusivamente pelo formulário disponível aqui.

Quem pode participar:

Grupos, organizações sociais, associações e cooperativas, entidades e grupos comunitários, todos eles de abrangência local.

Dúvidas devem ser encaminhadas para o e-mail: premiodairfirmino@caritas.org.br ou www.caritas.org/contato

Pré-seleção –  Das experiências: de 01 a 15 de setembro de 2018.  Seleção final – De 15 a 30 de setembro e 2018.  Cerimônia de premiação – 12 de novembro de 2018.

As 03 (três) experiências/projetos premiados vão receber o certificado de participação, a publicação das experiências/projetos, em uma revista impressa e online, a cargo da Cáritas Brasileira; e ainda, estatueta símbolo do Prêmio Odair Firmino de Solidariedade e o valor de R$ 5.000 (cinco mil reais), para fortalecer as ações da experiência/projeto. O valor será liberado mediante apresentação de uma proposta/projeto para utilização deste recurso, conforme formulário a ser enviado pela Cáritas Brasileira.

A história

Com o objetivo de estimular ações de disseminação e divulgação da cultura da solidariedade, além de valorizar experiências de caráter coletivo que defendam e promovam os direitos humanos, a Cáritas Brasileira lançou em 2010 o Prêmio Odair Firmino de Solidariedade. Aprovado por unanimidade na assembleia Nacional da entidade que foi realizada em 2009, o prêmio também resgata a memória de homenageia o grande personagem que, por cerca de 20 anos, serviu ao povo por meio do serviço realizado pela Cáritas Brasileira.

Prêmio Odair Firmino de Solidariedade leva o nome do então secretário-executivo entre 1995 e 1999 e vice-presidente entre 1999 e 2007 da Cáritas Brasileira. Saiba mais sobre Odair Firmino, patrono do Prêmio.

 

Prêmios anteriores  de 2010 a 2016

Prêmio 2016

Em 2016, realizou-se a edição especial do Prêmio Odair Firmino de Solidariedade nas comemorações dos 60 anos da Cáritas Brasileira, e o tema foi: Pastoralidade e transformação social. Na edição desse ano, foram agraciadas com o prêmio 60 entidades de todo o país, reconhecidas por sua atuação no desenvolvimento sustentável, solidário e territorial e na garantia de direitos humanos, sociais e de políticas públicas.

Prêmio 2013

Já em 2013, o tema destaque do IV Prêmio Odair Firmino de Solidariedade foi Soberania alimentar e solidariedade: alternativas às desigualdades sociais. Com 21 projetos inscritos, oriundos de todas as regiões do Brasil. Os três vencedores foram: 1º lugar – Rede Mandioca, do estado do Maranhão.  2º lugar – Sementes Crioulas, estado do Rio Grande do Sul e o 3º lugar – Semeando em Rede, de Botucatu (SP).

Prêmio 2012

Na terceira edição, em 2012, Cáritas Brasileira recebeu 97 experiências das cinco regiões do país. O tema escolhido foi Juventude, desenvolvimento e solidariedade. A temática da juventude buscou pautar questões relacionadas com os jovens organizados, que visam incentivar o protagonismo e a conquista de direitos. O prêmio selecionou experiências com as seguintes características: inclusão digital, inclusão social, combate a violência e extermínio de jovens, ações produtivas, geração de trabalho e renda por meio da economia solidária, formação de jovens, participação da juventude na construção de políticas públicas. O grupo vencedor do III Prêmio Odair Firmino de Solidariedade foi o Urucongo de Artes, da cidade de Crato (CE). Da cidade portuária de Paranaguá (PR) veio a experiência ganhadora do 2ª lugar – Navegando nos direitos. O 3ª lugar – ficou com o projeto Jovens multiplicadores de agroecologia, de Flores (PE).

Prêmio 2011

Na segunda edição, em 2011, o tema foi Mulher, meio ambiente e desenvolvimento. Ao todo, a segunda edição a 56 inscrições, de todo o Brasil. Nesse ano, o prêmio trouxe à tona as lutas e ações de mulheres organizadas em grupos, associações, cooperativas, que historicamente visam construir uma humanidade em harmonia com a natureza. Os inscritos foram submetidos a uma pré-seleção realizada pelos inter-regionais da Cáritas Brasileira. Após esta etapa, 16 experiências foram encaminhadas para o júri nacional que selecionou as três finalistas: 1º lugar: A Luta das Mulheres Indígenas do Sul da Bahia pela igualdade de direito e qualidade de vida de seus povos – Aldeias Pataxós Hã-hãhãe e Tupinambás de Olivença, nos municípios de Pau Brasil, Camacan, Itaju do Colônia, Buerarema, Ilhéus e Uma, Sul da Bahia. 2º lugarComeçar de Novo – proposta pedagógica integral para as mulheres em situação de prostituição, de Belo Horizonte, (MG). 3º lugar: Grupo Serra do Gavião, comunidade Serra do Gavião, Teresina (PI).

Prêmio 2010

A primeira edição do Prêmio foi realizada em 2010 com o tema As mudanças climáticas e a vida no planeta. Ao todo foram 27 projetos inscritos no I Prêmio Odair Firmino de Solidariedade. Desses projetos, 13 foram pré-selecionados regionalmente. Os vencedores foram: 1ª lugar – Veredas Vivas, da agência 10envolvimento, comunidade Ponte Mateus, localizada no município de São Desidério, interior da Bahia. O 2ª lugar – Projeto Convivência com a realidade semiárida – Promovendo acesso à água, solidariedade e cidadania, do centro de Educação Popular e Formação Social, do município de Teixeira, na Paraíba. E o 3ª lugar – foi para o projeto Coleta Seletiva Solidária, da Associação Reciclázaro, de São Paulo, capital.

Sobre Darlan Alves Lustosa 3574 Artigos
Texto sobre o administrador do site.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.