Trio que explodiu caixa eletrônico em Barreiras morre em confronto com a PM

Divulgação

Atualizada as 12:07 de 14/05/2019

Três homens suspeitos de explodirem dois caixas eletrônicos da agência centro do Banco do Brasil, no último dia 02 em Barreiras no oeste baiano, morreram em confronto com policiais da Rondesp, no meio tarde de ontem (13). Segundo a Polícia, os trio estava em uma pousada no bairro de Ipitanga em Lauro de Freitas na região metropolitana de Salvador.

De acordo a SSP os policiais foram recebidos a tiros e a polícia revidou. Os três foram baleados e conduzidos ao Hospital Menandro de Farias, também em Lauro de Freitas. Eles não resistiram aos ferimos e morreram.

Ainda de acordo com a Polícia, o grupo era oriundo do estado de Goiás e especializada em explosão seguido de roubo a bancos.

De acordo com o delegado Rivaldo Luz, titular da 11ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Barreiras), o trabalho integrado com a polícia de Goiás permitiu a localização e identificação do trio.

“Desde a ocorrência que as polícias Civil e Militar de Barreiras e de Goiás estão monitorando o grupo, aguardando o momento correto de agir para efetuar a prisão, mas eles resolveram confrontar a polícia”, explicou o delegado.

Os suspeitos foram identificados como Dario Lucena de Lacerda, Júlio Rodrigues Valverde e outro identificado como Douglas Bispo Carvalho, porém segundo informações o documento seria falsificado.

Com o trio foi encontrado uma pistola de marca Taurus calibre 380 e dois revólveres de marca Taurus calibre 38.

Além de policiais da 11ª Coorpin, da 84ª e 85ª Companhias Independentes da PM, e das PM e PC de Goiás, também participaram da operação integrada equipes da Rondesp/Oeste e da Companhia Independente de Policiamento Especializado Cerrado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.