Avanços da saúde pública na Bahia são apresentados durante fórum em São Paulo

Secretário de Saúde da Bahia, Fábio Villas-Boas (ao centro) se apresenta no Fórum em São Paulo

Inovações em gestão e tecnologia aplicada na saúde pública deram destaque ao Governo da Bahia no Fórum Exame Saúde, realizado nesta quarta-feira (12), em São Paulo. O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, foi o único gestor público convidado ao lado do secretário de Saúde de São Paulo, José Henrique Germann.

“Com mais de R$ 20 bilhões aplicados em obras, equipamentos e recursos humanos na área da saúde nos últimos quatro anos, a Bahia se tornou referência nacional em inovação e gestão em saúde. Além de avançar na gestão informatizada de leitos, prontuário eletrônico, central de regulação e telemedicina, a Bahia também inovou em modelos de gestão como as PPP e consórcios de saúde”, afirmou Vilas-Boas.

Executivos, pesquisadores e profissionais de comunicação se surpreenderam com o volume de investimento já realizado e as iniciativas em curso, como a implantação de 50 salas de telemedicina e a construção da Central Integrada de Comando e Controle da Saúde do Estado da Bahia, que abrigará a nova Central Estadual de Regulação e será responsável por monitorar e acompanhar os indicadores das unidades em tempo real.

O secretário ainda apontou desafios do setor. “A partir de 2020, o Sistema Único de Saúde [SUS] pode entrar em colapso se não for revisto o sistema de financiamento. Estados e municípios já estão no limite ou acima da capacidade de investimento na saúde e a atual legislação impõe reduções ano após ano por parte do orçamento federal”, ressaltou.

Com as revoluções demográficas, epidemiológicas e tecnológicas, a população passou a ter uma maior expectativa de vida e, nesse cenário, a redução progressiva de recursos federais aplicados na saúde vai na contramão das três décadas de conquista da sociedade com o SUS.

Sobre Darlan Alves Lustosa 3031 Artigos
Texto sobre o administrador do site.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.