Prefeito de Eunápolis tem direitos políticos suspensos por 5 anos

Reprodução: Políticos do Sul da Bahia

O Juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Eunápolis no Sul da Bahia, Roberto Costa de Freitas Júnior, suspendeu os direitos políticos por cinco anos, de Robério Oliveira, prefeito do município e determinou a perda de seu mandato. O gestor é acusado de improbidade administrativa por contratar, sem concurso público, mais de 480 servidores.

O caso ocorreu em 2018 e segundo o Ministério Público do Estado (MP-BA), as admissões geraram prejuízo ao Erário municipal mais de R$ 2,8 milhões.

Além de Robério também foram condenados Valdiran Marques Oliveira e Maria D’ajuda Marques Silva, que ocuparam a secretaria de administração à época. Os dois últimos tiveram os direitos políticos suspensos por três anos, além da perda da função pública.

Segundo o site Políticos do Sul da Bahia, em nota a assessoria do prefeito informou que o mandatário continua no cargo e irá recorrer da decisão. A nota informa ainda que a decisão é de primeira instância, não gera perda do mandato imediato e não há determinação de afastamento do prefeito do cargo e assim sendo a perda da função pública somente ocorreria após o trânsito em julgado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.