Formosa do Rio Preto é destaque na liderança da economia do Matopiba

Foto: Mayco Melo

Matéria veiculada no jornal Correio da Bahia, coloca Formosa do Rio Preto como destaque na economia na chamada última fronteira agrícola do Brasil. O texto do Jornalista Armando Avena, diz que a Bahia é o maior produtor de grãos do Matopiba com mais de 50% da produção de soja e o maior produtor de algodão, com destaque para 1,3 milhão toneladas em 2019, a maior da região e correspondendo a 23% da safra a ser colhida pelo país. Cerca de 60% dessa produção do Oeste vai para exportação e o restante preferencialmente para o Norte e o Nordeste, mas o impacto se dá diretamente na região onde as cidades veem se multiplicar os negócios no comércio, nos serviços e em toda a cadeia econômica.

No texto, Avena diz que a liderança está com Formosa do Rio Preto, seguido do município de São Desidério, em seguida Barreiras e Luis Eduardo Magalhães.

Veja matéria:

Bahia: Campeão no Matopiba

Existe um pedaço de terra no Brasil onde não há recessão, as oportunidades de negócios aparecem a cada dia e os investimentos crescem ano a ano. Esse lugar é o Matopiba, sigla que identifica uma região que engloba a maior parte do estado do Maranhão, todo o território de Tocantins, o Sudoeste do Piauí e o Oeste da Bahia. Essa área forma um espaço homogêneo, onde existe água em abundância e cujo bioma é o cerrado. É considerada a última fronteira agrícola do país e aí o agronegócio floresce e impacta diretamente as atividades comerciais e de serviços.

Em Matopiba moram mais de seis milhões de pessoas, sua área é três vezes maior que o estado de São Paulo, e a região, que já responde por mais de 10% da safra nacional de grãos, deve triplicar a produção nos próximos anos, segundo informações da Empraba – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. E o melhor é que o Oeste da Bahia lidera economicamente o Matopiba.

Para começar, a Bahia é o maior produtor de grãos do Matopiba com mais de 50% da produção de soja e o maior produtor de algodão. Aliás, a safra de algodão este ano deve atingir 1,3 milhão toneladas, a maior da região e correspondendo a 23% da safra a ser colhida pelo país. Cerca de 60% dessa produção do Oeste vai para exportação e o restante preferencialmente para o Norte e o Nordeste, mas o impacto se dá diretamente na região onde as cidades veem se multiplicar os negócios no comércio, nos serviços e em toda a cadeia econômica.

A produção de grãos cresce em todo o Matopiba, mas a liderança está com dois municípios baianos: Formosa do Rio Preto e São Desidério, embora muitos outros ostentem produção e produtividade de fazer inveja aos grandes produtores nacionais. E outros dois municípios do Oeste da Bahia, além de serem grandes produtores, se posicionam como líderes urbanos do Matopiba. Trata-se de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães que, juntos, apresentam o maior PIB da região, da ordem de R$ 8 bilhões, o quinto maior PIB da Bahia. Luís Eduardo Magalhães tornou-se também o quinto maior PIB per capita do Estado e seu crescimento nos últimos 10 anos é de fazer inveja aos chineses.

Naturalmente, existem muitos desafios a serem vencidos tanto na região do Matopiba quanto nos munícipios baianos nela inseridos, especialmente no que se refere à infraestrutura de apoio à produção, inclusive no referente ao escoamento da produção que ainda se coloca como um dos principais gargalos que impedem um crescimento mais acelerado.

Mas também aí a Bahia pode sair na frente, pois se a Ferrovia Oeste-Leste for concluída – não somente o primeiro trecho, ligando Ilhéus a Caetité, mas fundamentalmente o segundo trecho, unindo Caetité a Barreiras e daí ao tronco da Ferrovia Norte-Sul – um corredor de exportação agrícola se formará em nosso território. Com isso boa parte da produção do Matopiba, que deve chegar a 35 milhões de toneladas nos próximos 10 anos sairia pelo Porto Sul, na região de Ilhéus beneficiando uma imensa região da Bahia. O Mapitoba é o futuro do Nordeste e o futuro da Bahia e nada como ser líder no futuro que se desenha.

https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bahia-campeao-no-matopiba/

Sobre Darlan Alves Lustosa 3574 Artigos
Texto sobre o administrador do site.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.