Lançada nova etapa de projeto de combate ao racismo institucional pelo Governo da Bahia

Governo do Estado lança nova etapa do projeto de combate ao racismo institucional Foto: Elói Corrêa/GOVBA

A terceira etapa do projeto ‘Combate ao Racismo Institucional’ foi lançada nesta quinta-feira (5), no auditório do Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador. A ação tem como meta formar 600 gestores públicos de diversos segmentos e prevê a realização de oficinas territoriais, além de quatro cursos específicos e um seminário com o tema ‘Promoção da Igualdade Racial, Economia Solidária e o Desenvolvimento de Redes Solidárias’.

Desenvolvido pela Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), o projeto abrange 16 territórios de identidade baianos. “Queremos preparar aqueles que representam o Estado e implementam as políticas públicas, com uma visão de igualdade social e combate ao racismo. O objetivo é revolucionar e modificar a mente das pessoas sobre a importância da igualdade de oportunidades para todos e ajudar a reparar o histórico de discriminação que, infelizmente, está impregnado na estrutura brasileira”, explica o secretário da Setre, Devidson Malhães.

A iniciativa tem parceria da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi). A titular da pasta, Fabya Reis, destaca que a formação é fundamental para a implementação de políticas públicas racialmente equitativas, com recorte no trabalho e renda.

“O racismo institucional resulta na negação do acesso a oportunidades de trabalho, e esse projeto ataca diretamente a raiz do problema, com a possibilidade a criação de mais oportunidades para a população negra e para povos e comunidades tradicionais”.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.