Cultivo de soja ganha força em Santa Rita de Cássia no Oeste da Bahia

Produtores em Santa Rita de Cássia na Bahia Foto: Agro Em Dia | Divulgação

as informações do Agro em Dia

Uma área de 300 mil hectares espalhada entre os municípios de Santa Rita de Cássia na Bahia, Parnaguá e Sebastião Barros no Piauí, começa a despontar na fronteira agrícola do Matopiba. Só no município baiano há uma área de 150 mil hectares com potencial agriculturável.

“Esta região do extremo oeste baiano tem clima, altitude e solo propícios à agricultura”, diz o produtor gaúcho Carlos Betto, que está em Santa Rita de Cássia há mais de 10 anos. Ele é um dos cerca de 20 agricultores sulistas que apostam no crescimento das lavouras naquela área.

Atualmente, cerca de 10 mil hectares são ocupados por lavouras no cerrado entre Santa Rita de Cássia, Parnaguá e Sebastião Barros. Na safra passada, segundo Betto, a produtividade ficou entre 60 e 65 sacos de soja (60 kg) por ha. “Agronomicamente, a região é muito boa, com possibilidade de plantio na safrinha”, reforça.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.