Cientista batiza flor descoberta na Chapada Diamantina em homenagem a Chico César

Reprodução

com informações do Jornal da Chapada e Revista Fórum

Uma flor descoberta na região da Chapada Diamantina pelo cientista Domingos Cardoso, professor da Universidade Federal da Bahia – Ufba, foi batizada com um nome científico que homenageia o músico brasileiro Chico César: ‘Aeschynomene chicocesariana’.

Na época da descoberta, Domingos estava impactado pelo álbum “Estado de Poesia” e, especialmente, pela música “Reis do Agronegócio”: “Quando ouvi aquela música incrível, com toda aquela verdade poética científica e social junta, vi claramente que descrevia muita da realidade que as flores da Chapada, infelizmente ainda muito pouco conhecidas, têm passado frente às ameaças da expansão do agronegócio”, compara Domingos.

‘Aeschynomene chicocesariana’ teve sua descoberta publicada pela American Society of Plant Taxonomists e o artigo científico completo pode ser acessado em https://doi.org/10.1600/036364419X15710776741530 . Formado na área com mestrado, doutorado e pós-doutorado, Domingos é bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq e também pelo programa Newton Advanced Fellowships da The Royal Society (Reino Unido).

Domingos fez a postagem em suas redes sociais para falar da satisfação e da importante descoberta para as ciências biológicas:

View this post on Instagram

Aeschynomene chicocesariana! sim, querido @oficialchicocesar, o apito do acaso me trouxe até esta homenagem… você não é apenas aquela ave frágil que avoa no sertão… esta linda flor agora tem o seu nome… escrevi uma etimologia sobre o nome científico, mas deixemos que a poética sertânica e sua luta biodiversa provoquem o que ele representa… será infinitamente lembrado na arte pela sua bela música e agora também na ciência pela nova espécie de flor que descobrimos nas montanhas do sertão da Chapada Diamantina na Bahia! eu tô ligado que você visualiza meu story… rsrsrsrs mas como seria lindo poder ver seu sorriso agora… eu que já cruzei algumas vezes com o seu olhar durante o mesmo voo… e, claro, durante vários shows… fico imaginando como seria lindo te levar bem no pé da planta na chapada… e fazer uma verdadeira balbúrdia aqui na praça das artes da ufba, te entregando esta homenagem em nome da ciência… sonhos apenas… ou quem sabe a flauta da imensidão apite neste acaso… esta nova catalogação foi resultado de anos de oportunidades em pesquisa também com meu mestre @lucianopaganucci, meus alunos @guclados e @pai_cuida, e a belíssima ilustração de @natan.bio e agradeço muito também a @lulaoficial o/ eu saí foi lá do sertão de Tucano e tive todas as modalidades de bolsas de estudos pelo @cnpq_oficial (olha, não vou listar aqui um dos maiores premios que ganhei… minhas estradas estão gravadas em minhas mãos e minha luta também foi raíz forte de umbuzeiro… pergunta lá em Tucano ao dedé do mercado, ceiça do olavo, antônio da bila ou às professoras vilma e albertina do instituto) e hoje me orgulho muito em ser professor pesquisador da @universidadefederaldabahia! vamos continuar fazendo balbúrdia aqui! vai ter fogo na cara dos fascistas enquanto guardo no sorriso uma flor de Aeschynomene chicocesariana! @midianinja @casaninjabahia @chicobuarque @manueladavila @fernandohaddadoficial @osquintaisdemariaa @gilbertogil @caetanoveloso @mariagadu @russopassapusso @dilmarousseff @342artes @randolferodrigues @kunhaase por favor, ajudem a divulgar esta linda descoberta! #biodiversity #chicocesariana #newspecies #chapadadiamantina #biodiversidade

A post shared by Domingos Cardoso (@formigacapoeiragem) on

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.