Seleção de vôlei de Formosa perde em Salvador mas já fez um grande feito

Seleção de vôlei de Formosa do Rio Preto no Ginásio Poliesportivo do IFBA em Salvador - Foto: Divulgação

Único time da região a Oeste classificado para as finais do Campeonato Baiano de Vôlei, a seleção de Formosa do Rio Preto, perdeu ontem (30) em Salvador para a equipe MCMaster. O feito de chegar as finais e jogar em Salvador deve ser comemorado por si só. Afinal o nome de Formosa do Rio Preto foi elevado por jogadores que em nome do esporte suam a camisa em troca de vitórias e sem ganhos financeiros.

Composta por :Wanderson Assis, Marcos Moreira, Rômulo Zuriel, Robert, Felipe, Paulo Vitor, Aldenison, Charles, Rogério, Venna, Diego, Romário e Felipe Nogueira, fez até aqui, a mais brilhante atuação.

Chegar as finais do Campeonato Baiano de Vôlei foi o maior feito de um esporte que andava meio esquecido no município. No passado, Formosa do Rio Preto já presenciou grandes partidas, tendo inclusive uma associação de jogadores. A Asoforv – Associação Formosense de Vôlei. Era o tempo de Beto Nogueira, Alan Lustosa, Herivelto Nogueira, Rudval, o famoso Jonny Ray, Satú, Geovani ou o velho e bom Vando de Zé Pinto, Kiko e tantos outros que não me vem a memória, mas o texto pode ser corrigido. Não se pode deixar de lembrar do apoio incondicional da professora Jacinta, a sempre responsável pelos menores de 18 anos. Mônica Magalhães, Marluce…

Das dificuldades encontradas, as viagens eram feitas em uma caçamba para várias cidades como Santa Rita de Cássia e até Boquira na Chapada Diamantina. Eles tinham uma única bola de vôlei ou uma rede que a todo tempo precisava ser “remendada”. A quadra era do antigo colégio Rosita Teixeira, até então a única da cidade.

É preciso pensar o esporte para as várias juventudes e este papel não deve ser relegado único e exclusivamente ao poder público. É preciso pensar na juventude que gosta de vôlei, a que ama o basquete e ou ao que prefere o atletismo. Cada um com suas habilidades e gostos. Vamos pensar o esporte para juventude masculina, a juventude feminina. Futebol de Salão hoje é o esporte mais popular praticado em mais ou menos oito quadras poliesportiva existentes no município. É preciso democratizar para haja mais participação da juventude nas várias modalidades esportivas, mais vitórias, mais superação e consequentemente mais atletas como Tenda, Márcio, Fábio de Maguinha e Ronaldo. Recentemente, dois atletas formosenses passaram numa “peneira” e irão jogar na primeira divisão do campeonato do Distrito Federal e consequentemente poderão ter mais visibilidade.

*A seleção de Formosa do Rio Preto viajou a Salvador com o apoio da Prefeitura local

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.