Cidadão que teve título cancelado por falta de biometria já pode pedir regularização

Prazo termina em 6 de maio

Reprodução: TRE/BA

Os cidadãos que tiveram o título de eleitor cancelado têm até o dia 6 de maio para regularizar a situação. Após o prazo, quem não estiver em dia com o documento, não poderá votar nas eleições municipais de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

Desde o último dia 27, o cartório eleitoral ( em Formosa do Rio Preto, na Rua Percílio Santana, nº 266) já está atendendo para regularização, tirar o primeiro título e pedir transferência de domicílio eleitoral

Para regularizar o ‘título’, o cidadão deve comparecer ao cartório, preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral – RAE e apresentar um documento oficial com foto. Além disso, será cobrada uma multa de R$ 3,51 por turno que o eleitor deixou de comparecer. O prazo para fazer a solicitação termina no dia 6 de maio, último dia para emissão do título e alteração de domicílio eleitoral antes das eleições.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.