Filho de coronel condenado por crime em Formosa do Rio Preto se elege vereador em Rio Branco

Hildegard Pascoal com o pai Hildebrando Pascoal — Foto: reprodução G1

do G1 | O filho do ex-deputado e ex-comandante da Polícia Militar do Acre, Hildebrando Pascoal, Hildegard Pascoal (PSL) foi eleito vereador de Rio Branco, no último domingo (15), com mais de 1,1 mil votos.

O vereador eleito usou na campanha o slogan “legado e compromisso com Rio Branco” e sempre fez referência ao pai, inclusive, apareceu ao lado dele em algumas imagens de campanha.

Hildegard Gondim Nogueira tem 38 anos, é empresário, casado e possui o ensino médio completo e vai ocupar uma das cadeiras no legislativo municipal a partir de 2021.

Além disso, ele filho Hildebrando Pascoal, coronel condenado por liderar um grupo de extermínio que atuou no Acre na década de 90.

O pai dele foi acusado por diversos crimes, incluindo a morte de José Hugo que foi levado para o município de Formosa do Rio Preto (BA), onde foi torturado e morto com requintes de crueldade, ferido, inclusive, com ácido.

Em 30 de junho de 1996, Itamar Pascoal, irmão de Hildebrando, foi morto com um tiro por José Hugo durante uma discussão em um posto de gasolina e Agilson Santos Firmino, conhecido por “Baiano”, presenciou a cena.

A partir disso, Pascoal, que era coronel da PM, teria agido por vingança, conseguindo localizar o assassino do irmão em janeiro de 1997 no município de Parnaguá (PI), e depois disso teria sido torturado e morto.

O ex-deputado também foi acusado de sequestro e cárcere privado praticado contra Clerisnar dos Santos e seus dois filhos menores. Esposa e filhos de José Hugo respectivamente.

0 0 voto
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários