STJ prorroga afastamento de magistrados envolvidos na Operação Faroeste

Divulgação

O Superior Tribunal de Justiça STJ prorrogou o afastamento de seis magistrados do Tribunal de Justiça da Bahia – TJBA investigados na Operação Faroeste, que apura um esquema de venda de decisões no judiciário baiano que sustentava a grilagem de terras no oeste do estado em especial no município de Formosa do Rio Preto.

De acordo com a decisão por unanimidade desta quarta-feira (3), ficam afastados de suas funções por mais 12 meses os desembargadores Gesivaldo Brito, José Olegário Caldas, Maria do Socorro Santiago, Maria da Graça Osório e os dois juízes com atuação na comarca de Formosa do Rio Preto, Marivalda Moutinho e Sérgio Humberto.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários