Rui Costa e a proeza em economizar R$ 7,8 bilhões em 6 anos com qualidade do gasto

O dinheiro economizado, de acordo com o secretário da Fazenda, Manoel Vitório, ajudou a preservar o equilíbrio das contas e a ampliar os investimentos.

Imagem: Reprodução O Cafezinho

O governo petista da Bahia, chefiado por Rui Costa, conseguiu a proeza de economizar nos últimos seis anos a quantia de R$7,8 bilhões com o custeio da administração. O bom resultado confirma que Rui transformou-se, na chefia do Executivo, em um gestor aplicado, abandonando de vez sua porção sindicalista de piquetes nos portões das refinarias de petróleo da Bahia”, diz o jornalista José Amilcar.

De acordo com a Secretaria da Fazenda Bahia – Sefaz, a redução de gastos é o resultado da política de Qualidade do Gasto Público implantada em 2015, logo no início da primeira gestão do governador Rui Costa. Outro índice do sucesso da metodologia é o fato de que o valor efetivamente gasto nesta área permaneceu nos mesmos patamares, chegando a registrar pequena redução no comparativo entre 2018 e 2020.

A área da saúde foi a que mais teve o apoio financeiro de Rui Costa. Nos últimos cinco anos, a Bahia tornou-se o estado que mais investiu em saúde pública aplicando R$1,7 bilhão em infraestrutura médica.

A Secretaria da Saúde da Bahia materializou 16 Policlínicas Regionais pelo interior dentre outros equipamentos de saúde. Inclusive com a inauguração em breve do Hospital Metropolitano que vai socorrer uma dezena de municípios da região da grande Salvador.

*Com José Amilcar e SecomBa.

0 0 voto
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários