Covid-19: Rui alerta para risco de colapso no sistema de saúde na Bahia

Reprodução: Secom

O governador Rui Costa, afirmou ontem (13) que muitos hospitais na Bahia estão com 100% de ocupação devido ao aumento de novos casos de Covid-19 nas últimas semanas. Segundo Rui, que afirmou que o “momento é muito grave”, os níveis de transmissão são iguais aos de agosto de 2020, quando os casos ainda cresciam.

Para Rui, as chances de colapso na rede de saúde pode acontecer em duas ou três semanas, caso não haja desaceleração do número de infectados pelo Sars-CoV-2, nome do vírus que causa a Covid-19.

“Se continuar esse ritmo de crescimento da doença na Bahia, em duas ou três semanas nós podemos estar pior do que estávamos em julho do ano passado e corremos o risco de ter colapso no sistema de saúde, o que, em nenhum momento nós tivemos desde o início da pandemia“,

disse

Ele fez um apelo a população, para que as pessoas não deixem de usar máscara, de higienizar as mãos e de ter distanciamento social. “Fica o meu apelo a você. E se tiver algum sintoma, não acredite no presidente da República. Não é uma gripezinha, a doença mata”, enfatizou.

Taxa de ocupação
Até a noite de sábado (13), a taxa de ocupação geral de leitos na Bahia era de 71% na noite deste sábado. No entanto, pelo menos nove hospitais estavam com 100% de ocupação.

As unidades de saúde com 100% de ocupação são: Hospital Geral Ernesto Simões Filho (Salvador); Hospital Amec (Camacan); Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Itabuna); Hospital Itiiba (Barreiras); Hospital Carmela Dutra (Bom Jesus da Lapa); Hospital Paulo Afonso (Paulo Afonso); Hospital Municipal Dom Antônio Monteiro (Senhor do Bonfim); Neuroccor (Porto Seguro); Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (Teixeira de Freitas).

0 0 voto
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários