Prefeito de Vitória da Conquista morre por complicações da Covid-19

Ele tinha 72 anos e havia sido reeleito no 2º turno das eleições em novembro de 2020.

Herzem Gusmão morreu por volta das 21h desta quinta-feira (18) em São Paulo.

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, não resistiu as complicações causadas pela Covid-19 e morreu por volta das 21h desta quinta-feira (18), no Hospital Sírio-Libanês em São Paulo, onde estava internado há quase três meses.

Gusmão que tinha 72 anos, foi diagnosticado com a Covid-19 em 7 de dezembro de 2020 e cerca de uma semana depois foi internado no Hospital Samur em Vitória da Conquista. No dia 26 de dezembro foi transferido para o Hospital Sírio-Libanês e tempos depois enviado para o tratamento intensivo na mesma unidade médica. Em janeiro ele chegou a deixar a UTI mas retornou pouco depois, após piora em seu estado de saúde.

Na sexta-feira (12) precisou ser intubado, depois que seu caso passou a ser considerado grave pela equipe do hospital.

Pelo Instagram, o governador Rui Costa, falou sobre a morte do político e disse que a pandemia continua fazendo vítimas:

“Recebo com muita tristeza a notícia do falecimento de Herzem Gusmão, prefeito de Vitória da Conquista, uma das grandes cidades de nosso estado. Na política atuamos em campos opostos, mas procurando sempre cumprir nossa missão. Minha solidariedade aos familiares e amigos. Deus os conforte”.

Rui Costa.

Reeleito no 2º turno das eleições em novembro de 2020, ele tomou posse do cargo em cerimônia virtual.

Natural de Vitória da Conquista, ele nasceu em 2 de junho 1948. Ele deixa esposa, três filhos e um neto. O político era formado em Direito, mas se especializou em Jornalismo e se destacou pela paixão ao radiojornalismo. Em 2015, ele assumiu uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários