Polícia Civil e SI trabalham em caso de advogada em Feira

Silvia da Silva Carvalho | Foto: Divulgação

Equipes da Polícia Civil e da Superintendência de Inteligência (SI) trabalham em conjunto, no caso envolvendo a morte da advogada sequestrada e assassinada a tiros em Feira de santana, ocorrido na última terça-feira (26). Por determinação da Secretaria da Segurança Pública (SSP), equipes exclusivas apuram a motivação do crime e identificações dos autores.

A informação inicial é de que a vítima, Sílvia da Silva Carvalho, prestava serviços advocatícios para traficantes de drogas de Feira de Santana e os criminosos teriam atacado Silvia, após desentendimentos. Informações que ajudem nas investigações podem ser repassadas através dos telefones 190 ou 181 (Disque Denúncia do Interior).

As equipes monitoram também um texto compartilhado, nas redes sociais, com supostas ameaças a outros advogados.

Sobre Darlan Alves Lustosa 3425 Artigos
Texto sobre o administrador do site.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.