Advogada é sequestrada e assassinada a tiros em Feira de Santana

O corpo da advogada foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Silvia da Silva Carvalho | Foto: Divulgação

A advogada Sílvia da Silva Carvalho, 56 anos, que morava na Rua Caldense, bairro Baraúnas, em Feira de Santana, foi sequestrada e morta a tiros na noite de ontem (26). Segundo a polícia, o crime ocorreu por volta das 20h30, na Estrada do Alecrim Miúdo, na Fazenda Jenipapo II, distrito da Matinha.

“Ela saiu do escritório e estava em seu veículo. Após contornar um posto de combustível, os homens em outro carro sinalizaram para que ela parasse, mostraram a arma e pediram que ela sentasse no banco do carona e a secretária no banco do fundo. Próximo ao conjunto Cordeirópolis, a secretária passou para outro carro. Chegando na zona rural, os bandidos pediram que a advogada descesse do veículo e a mataram com cerca de cinco tiros”, relatou o delegado.

A secretária foi liberada e, de acordo com Gustavo Coutinho, estava muito abalada. Ela contou que não conseguiu ver características físicas dos bandidos, pois eles cobriram o rosto dela com um pano.

Após o crime, os bandidos abandonaram o veículo da advogada Silvia, um Siena, placa OZN 4552, no acostamento da BR-116/Norte, há 3 km da entrada do distrito de Maria Quitéria. O corpo da advogada foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

 

Com informações do site: Acorda Cidade

Sobre Darlan Alves Lustosa 7983 Artigos
Darlan Lustosa é formosense que gosta da escrita e acredita que a política é um meio de transformação da vida das pessoas.Vive e mora em Formosa do Rio Preto, no extremo Oeste da Bahia, com registro profissional 6978/BA e sindicalizado, sobretudo para fortalecer a causa e defender direitos.
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários