Marcelo Nilo exclui Coronel de suas peças de campanha

Foto: divulgação/Marcelo Nilo

Marcelo Nilo ex-presidente da Assembléia Legislativa da Bahia, excluiu de seu material de campanha, o atual presidente da ALBA, Ângelo Coronel. Segundo Nilo ele “segue orientação do Partido”.

Em panfleto virtual distribuído por WhatsApp, Nilo tem sua imagem associada apenas à de Jaques Wagner (PT) e Rui Costa (PT).

“O partido decidiu que só votaremos em Rui para governador e Wagner para senador. Não ficou decidido que apoiaremos outro nome para senador. Eu sigo meu partido”. O deputado admitiu, contudo, que o PSB não proíbe nenhum de seus quadros de declarar apoio a Coronel. “Ninguém está proibido de apoiar o candidato (do PSD)”.

O movimento de ‘rebeldia’ do PSB começou com o presidente do partido em Salvador, Waldemar Oliveira, que declarou voto em Celsinho Cotrim, candidato ao senado pelo PRTB

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.