Policial é condenado a 9 anos de prisão no tribunal do juri em Parnaguá. Crime aconteceu em Formosa do Rio Preto em 1997.

Julgamento de Hidelbrando Pascoal é adiado para 2020.

Tribunal do Júri do Piauí por videoconferência tem réu condenado. — Foto: Maria Romero/G1

Raimundo Alves de Oliveira, 51 anos, foi condenado nessa quarta-feira (13) a 9 anos, 4 meses e 15 dias de prisão pela morte de José Hugo Alves Junior, ocorrida em 1997 na cidade de Formosa do Rio Preto no extremo oeste da Bahia. A sessão que aconteceu ontem foi por videoconferência, porque o réu esta custodiado no Acre, a mais de 4 km de distância.

Segundo o G1, a defesa mostrou-se satisfeita com o resultado do julgamento uma vez aceita a tese de que ele teve participação pequena no crime. A denúncia do MP e aceita pela Justiça indicava a participação de Raimundinho, como é conhecido, em um homicídio triplamente qualificado, além do sequestro de três pessoas. Ele seria julgado junto com outro acusado do crime, o ex-deputado Hildebrando Pascoal, mas a defesa pediu e o juiz determinou o adiamento da audiência.

“Foi muito satisfatório. Tiramos todas as qualificadoras do homicídio e prevaleceu a tese de menor participação, de modo que foi muito favorável. No fim ficamos insatisfeitos e vamos recorrer, devido à dosimetria da pena, que consideramos alta”, declarou advogado Edson Melo ao G1/Piauí.

O promotor de Justiça Rômulo Cordão declarou que Ministério Público considerou uma vitória a condenação do réu após mais de 20 anos do crime.

“Resultado bastante positivo, após 22 anos do crime, chegamos à conclusão do processo, que era algo que se arrastava. Infelizmente não houve julgamento do ex-deputado Hildebrando Pascoal, o mentor desses crimes, mas já há uma nova data e ficamos felizes com isso. Mesmo sem todas as teses acolhidas, mas o réu saiu condenado e respeitamos a soberania dos jurados”, declarou o promotor ao G1.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.