Homem negro morre após ser espancado dentro de supermercado no Rio Grande do Sul

A Polícia vai analisar as imagens de câmeras de segurança e de testemunhas e vai colher depoimentos.

Reprodução

Um homem negro de 40 anos foi morto dentro de um supermercado da rede Carrefour em Porto Alegre (RS) após ser espancado por um segurança da rede e por um policial militar.

A vítima teria discutido com a caixa do estabelecimento e foi conduzida pelo segurança da loja até o estacionamento, no andar inferior. Um cliente, policial militar temporário – funcionário contratado pela Brigada Militar por tempo determinado, para atividades administrativas -, acompanhou o deslocamento, que acabou no espancamento de Freitas.

Vídeos mostram o espancamento de João Alberto Silveira Freitas em frente a loja e a tentativa de socorristas de salvarem o homem conhecido como Beto. As imagens começaram a circular nas redes sociais às vésperas do dia da Consciência Negra, comemorado nesta sexta-feira (20).

Segundo o Metro1, delegado afirma ainda que nenhuma arma foi usada no crime. A perícia no local foi realizada no fim da noite desta quinta-feira. Agora, a polícia vai analisar as imagens de câmeras de segurança e de testemunhas e vai colher depoimentos.

0 0 voto
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários