Alegando problemas de saúde, Pazuello pede para deixar Ministério, diz jornal

Eduardo Pazuello assumiu a pasta oficialmente em 16 de setembro após 4 meses interino no cargo.

Foto: Marcelo Camargo - Agência Brasil

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello deve entregar seu cargo nos próximos dias, segundo informou o jornal O Globo em matéria publicada neste domingo (14). Segundo o jornal, Pazuello já comunicou ao presidente Jair Bolsonaro que está com problemas de saúde e por isso precisa sair do comando da pasta.

Ainda segundo a publicação, dois médicos são cotados para assumir o lugar de Pazuello: Ludhmila Abrahão Hajjar, professora associada da USP, e Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

O portal UOL, informou no meio da tarde de hoje, que a médica já está em Brasília para conversar com o presidente mas outro nome, além de Queiroga, também é cotado para assumir o Ministério da Saúde: O deputado federal Luiz Antonio Teixeira Jr. (PP-RJ), que é conhecido como “Dr. Luizinho” e já foi Secretário da Saúde no Rio de Janeiro.

Se a mudança se concretizar, esta será a quarta mudança no Ministro da Saúde no Governo Bolsonaro. A pasta foi dirigida por Luiz Henrique Mandetta entre janeiro de 2019 e abril de 2020 e por Nelson Teich durante um mês, entre abril e maio deste ano.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários