Acusado de estuprar enteada de 12 anos é preso em Wanderley na Bahia

Denúncia foi feita pela avó paterna da adolescente. Homem deve ser encaminhado para o presídio em Barreiras

O suspeito ficou calado durante a interrogação, de acordo com a Polícia Civil. Ele será encaminhado para o presídio de Barreiras - Foto: Mural do Oeste

A polícia prendeu na quarta-feira (10) na cidade de Wanderley, um homem de 40 anos, acusado de estuprar a enteada de 12. A denúncia foi feita pela avó paterna ao Conselho Tutelar. As informações são do G1.

Segundo relato da vítima à polícia, o homem esperava a mãe dela dormir para cometer o crime. Os abusos aconteciam há cerca de seis meses e a jovem era ameaçada de morte pelo padrasto.

Ainda conforme relato da vítima, o suspeito enviava mensagens para o celular dela e ia até o quarto da menina, onde cometia o estupro. Os abusos também aconteciam dentro do carro do homem, quando ele levava a adolescente para a zona rural da cidade.

Além de ameaçar a menina de morte, o suspeito também dizia que a expulsaria de casa caso ela engravidasse.

A mãe da menina disse à polícia que nunca viu nada de “anormal” no celular da filha. A mulher também afirmou que não notou nenhum comportamento estranho do parceiro durante os 10 anos de relacionamento que teve com ele.

No momento da prisão, a polícia encontrou duas espingardas artesanais na casa do suspeito. As armas foram apreendidas e apresentadas na delegacia de Barreiras, que fica a cerca de 130 quilômetros de Wanderley, onde o homem está detido.

O suspeito ficou calado durante a interrogação, de acordo com a Polícia Civil. Ele será encaminhado para o presídio de Barreiras ainda nesta quinta-feira.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários