Bahia já tem mais 16 mil casos prováveis de dengue em 2024

Casos Chikungunya e Zica diminuiram em relação mesmo período do ano passado.

Casos de dengue na Bahia 2024, Bahia, Dengue, Zica, Chikungunya, Epidemia dengue Formosa, Formosa do Rio Preto
Imagem de shammiknr por Pixabay

A Bahia ultrapassou os 16 mil casos prováveis de dengue em 2024, conforme dados divulgados pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). Piripá, Jacaraci, no Sudoeste do estado, Bonito, na Chapada Diamantina e Morro do Chapéu, no Centro-Norte, são os municípios com maiores Coeficientes de Incidência (CI) de Dengue.

Dados atualizados pela Sesab até dia 25/02, referentes a semana epidemiológica 8, foram notificados 16.771 casos prováveis de dengue, excluindo já os descartados para a doença. Em termos comparativos, no mesmo período do ano passado o estado notificou 8.408 casos. Assim, os números representam um incremento em 2024 de 99,% na Bahia.

LEIA MAIS: Portal do Cerrado

Ainda conforme o boletim epidemiológico, 338 municípios do estado realizaram notificação para esse agravo, sendo que 111 destes, apresentaram incidência igual ou superior a 100 casos/100.000 habitantes. Enquanto isso, até aqui, 64 municípios estão agora em situação de surto ou epidemia para dengue, quando analisadas as quatro semanas epidemiológicas. Até o momento há quatro óbitos confirmados pela Câmara Técnica Estadual de Análise de Óbito.

Nesta segunda-feira (26) a Sesab confirmou a morte de um idoso de 87 anos na cidade de Ibiassucê, no sudoeste do estado. A mesma região registrou outras três mortes, na cidade de Piripá e Jacaraci. Pelo menos duas das vítimas, tinham 5 e 18 anos.

Chikungunya e Zica

Este ano, quando comparado ao mesmo período de 2023, houve diminuição dos casos de chikungunya e zica. Até 24/02 a Bahia tinha notificado 1.311 casos prováveis de chikungunya. No mesmo período de
2023, o estado notificou 3.673 casos prováveis, o que representa uma redução de 64,3%.

Já para a zica, a redução foi de 19% em relação a 2023. Enquanto naquele ano houve 263 casos, entre 31/12/2023 e 24/02/2024 a Sesab registrou 213.

Sobre Darlan Alves Lustosa 7973 Artigos
Darlan Lustosa é formosense que gosta da escrita e acredita que a política é um meio de transformação da vida das pessoas.Vive e mora em Formosa do Rio Preto, no extremo Oeste da Bahia, com registro profissional 6978/BA e sindicalizado, sobretudo para fortalecer a causa e defender direitos.
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários