Corpo de dentista encontrado morto em Santa Rita de Cássia é liberado para sepultamento

Corpo de Paulo Célio Costa Galvão, foi levado para Porto Nacional (TO).

Paulo Célio Costa Galvão tinha 48 anos - Foto: Reprodução

O corpo do cirurgião dentista Paulo Célio Costa Galvão, encontrado morto na casa em que morava em Santa Rita de Cássia, foi liberado pelo Departamento de Polícia Técnica e levado para Porto Nacional em Tocantins, onde será sepultado. A causa da morte dele, no entanto, não foi revelada.

Colegas dele, teriam estranhado o fato do médico não ter comparecido ao local de trabalho na segunda-feira (19) e foram até a sua residência, onde foi encontrado deitado sobre uma rede da varanda da casa, de onde saia um forte odor.

A polícia foi acionada e o corpo já em estado avançado de decomposição, foi removido para o Instituto Médico Legal de Barreiras, onde passou por perícia.

Paulo Célio, foi eleito vereador em 2004 no município de Porto Nacional e por duas vezes tentou retornar à Câmara. Atualmente estava trabalhando junto à prefeitura de Santa Rita de Cássia, no Oeste baiano.

Um irmão dele, identificado como Marcélio Costa Galvão, disse ao Blog do Braga, que ele sofria de hipertensão e diabetes e o fato de morar sozinho preocupava a família.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários