Delegados de Monte Santo e Cansanção são exonerados por receber dinheiro para liberar presos

Reprodução: Folha Dirigida

Dois delegados que atuavam nos municípios de Monte Santo e Cansanção, no norte da Bahia, foram exonerados dos cargos pelo governo na quarta-feira (9), por conta de envolvimento em esquema de corrupção. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, eles negociavam a liberdade de presos e devolução de materiais apreendidos em troca de dinheiro.

Segundo o G1, com informações da SSP/BA, as investigações sobre o caso começaram em 2011. Um dos delegados já tinha sido demitido em setembro de 2017, mas foi reintegrado em caráter provisório, por conta de uma decisão judicial emitida em outubro de 2018.

Os delegados recebiam dinheiro de traficantes para beneficiar as atividades deles, informou a SSP. As investigações apontaram também que os delegados extorquiam pessoas abordadas em blitz e vazavam informações de operações de combate às drogas. O grupo o qual os delegados faziam parte cobrava valores que variavam de R$ 2 mil a R$ 8 mil.

O órgão também informou que outros dois delegados assumiram as atividades nas delegacias de Monte Santo e Cansanção.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.