Deputado estadual João Isidório morre afogado aos 29 anos

João Isidório foi o deputado estadual mais votado da Bahia em 2018 com 110.540 votos. Ele é filho do deputado federal Pastor Sargento Isidório.

Reprodução: Instagram

O deputado estadual, João Isidório (Avante), morreu na tarde desta quinta-feira (11) após afogar em uma praia da Baia de Todos os Santos na região metropolitana de Salvador.

João Isidório tinha 29 anos e estava no primeiro mandato como deputado estadual. Ele era filho do deputado federal Pastor Sargento Isidório. De acordo com o G1, ele estava na praia do Loreto, na Ilha dos Frades, quando se afogou.

Deputado Federal Pastor Sargento Isidório pai de João Isidório – Foto: Instagram

O deputado chegou a ser atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que tentou reanimar o parlamentar por cerca de uma hora. Ele foi levado para o Hospital de Madre de Deus, mas não resistiu e morreu.

Uma equipe do Grupamento Aéreo da PMBA (Graer) chegou a ser acionada para transportar o deputado para um hospital de Salvador, mas os militares não chegaram a atuar, já que o político morreu ainda em Madre de Deus.

Após a morte do deputado, partidos e políticos lamentaram a morte do parlamentar. O PDT da Bahia divulga nota onde lamenta a morte do deputado estadual João Isidório (Avante), e presta solidariedade aos familiares, em especial ao pai, o deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante). “É uma notícia muito triste. O deputado João Isidório era uma pessoa muito boa, conciliadora e sempre disposta a ajudar o próximo. Todos os políticos gostavam muito dele. Que Deus o receba e console os familiares nesse momento de dor”, diz o presidente do PDT da Bahia, deputado federal Félix Mendonça Júnior.

Já o deputado estadual Osni Cardoso (PT), se solidarizou com o pai Pastor Sargento Isidório e demais familiares, além de lamentar a morte prematura do parlamentar.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários