Desabamento mata operário em fazenda de Formosa do Rio Preto

Acidente ocorreu no final da tarde de quarta-feira (27).

Soterramento Formosa, Formosa do Rio Preto, Bahia, Silo de Armazenamento
Foto meramente ilustrativa | Reprodução: Imagem de marcson por Pixabay

Um operário morreu durante o desabamento de uma parede de um silo em Formosa do Rio Preto, no Oeste da Bahia. O acidente ocorreu por volta das 16h30 de quarta-feira (27) em uma fazenda na região do Gerais do Rio Preto. A área concentra grandes fazendas produtoras de grãos.

O nome do operário não foi revelado, mas sabe-se, no entanto, que ele tinha 41 anos, com endereço na cidade de Francisco Macedo, no estado do Piauí. Acionado, Departamento de Polícia Técnica, transferiu o corpo para o Instituto Médico Legal (IML) de Barreiras. Contudo, não há informações sobre o velório e o sepultamento dele.

LEIA MAIS: Portal do Cerrado

Informações iniciais apontam que uma das paredes do silo desabou e acabou soterrando o operário. Ainda de acordo com informações, colegas de trabalho e funcionários conseguiram resgatar o corpo dele, sem a necessidade de acionamento do Corpo de Bombeiros.

LEIA TAMBÉM:

Em nota, o empreendimento Agronegócio Estrondo lamentou a morte do operário e disse ainda que colabora com as investigações. O operário trabalhava para uma empresa terceirizada para a construção do silo de armazenamento.

NOTA DE POSICIONAMENTO:

O empreendimento Agronegócio Estrondo lamenta o acidente com o colaborador da construtora Siloagro Prestadora de Serviços Ltda, que executa a construção de silo de armazenamento de grãos.

O empreendimento se solidariza com a família da vítima e informa que vem prestando apoio e colaborando com as investigações junto aos órgãos competentes e aguarda o resultado da perícia para esclarecimentos do caso.

Sobre Redação 5858 Artigos
Perfil da redação do site Portal do Cerrado, site com notícias do Brasil, Bahia e em especial a região Oeste do estado
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários