Em Cristópolis, adolescente é morta a tiros ao tentar defender mãe que era agredida por padrasto

Segundo delegado, suspeito, que é investigado por estupro, também esfaqueou a vítima.

G1/Bahia | Uma adolescente de 17 anos morreu após ser baleada e esfaqueada pelo padrasto, após tentar defender a mãe dela, em uma discussão do casal, na cidade de Cristópolis, oeste da Bahia. Conforme o delegado Carlos Ferro, que investiga o caso, o homem está foragido.

Segundo informações do delegado, o caso aconteceu na noite de domingo (6), por volta das 22h, no povoado Sítio do Hermegenildo. A vítima, que foi identificada pelas iniciais E. P. de S., foi baleada e depois morta a facadas com requintes de crueldade. Por causa do crime, a vítima ficou com o rosto desfigurado.

O delegado informou que o suspeito, identificado como Rosemar Ferreira de Souza, de 47 anos, fugiu da cidade após o crime. Existe a suspeita de que ele abusava sexualmente da adolescente e da irmã dela, de 13 anos. Os abusos também são investigados pela Polícia Civil.

De acordo com Carlos Ferro, equipes da Polícia Civil seguem à procura do suspeito. A mãe da adolescente e a irmã dela se mudaram para uma cidade vizinha e devem ser ouvidas na quarta-feira (9). Em seguida, a prisão preventiva do suspeito deve ser pedida à Justiça.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários