Ex-Ministro da Educação é preso pela Polícia Federal

Ex-ministro da Educação Milton Ribeiro - Foto: Fábio Rodrigo Pozzebom

O ex-ministro da Educação do Governo Bolsonaro, Milton Ribeiro foi preso pela Polícia Federal em Santos, no interior de São Paulo na manhã desta quarta-feira (22). O juiz Renato Borelli determinou que o ex-ministro deve ser transferido para Superintendência da Polícia Federal em Brasília.

No mandado de prisão da 15ª Vara Federal de Brasília, lista os crimes investigados e que podem ter sido cometidos por Ribeiro. São eles: corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência por suposto envolvimento em um esquema para liberação de verbas do MEC.

A operação da Polícia Federal também mira pastores evangélicos suspeitos de operar um balcão de negócios no Ministério da Educação e na liberação de verbas do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. De acordo com a Folha, ao menos o pastor Gilmar Santos também foi preso.

A operação da Polícia Federal foi batizada de Acesso Pago

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários