Faroeste: Desembargadora do TJ tem alvará de soltura expedido e deverá usar tornozeleira

Ex-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) deve deixar o Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, ainda nesta quarta-feira

Desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, ex-presidente do TJBA

Presa desde de novembro de 2019, a desembargadora Maria do Socorro Barreto Santigo, do TJBA, teve o alvará de soltura expedido nesta quarta-feira (30) por ordem do ministro do Superior Tribunal de Justiça Og Fernandes.

Socorro deverá utilizar tornozeleira eletrônica e está impedida de acessar as dependências do TJ-BA. Além dessas medidas, a desembargadora também fica proibida de entrar em contato, por qualquer meio, ainda que por interposta pessoa, com os outros acusados da ação penal ou com funcionários, servidores ou terceirizados do TJ, além de estar proibida de ausentar-se da comarca de sua residência.

Maria do Socorro Santiago foi denunciada na Operação Faroeste, que investiga um esquema de venda de decisões judiciais e grilagem de terras na Bahia.

Com Bahia Notícias e Migalhas

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários