Formosa do Rio Preto: doente e sem estrada, idosa é resgatada em rede

Família diz que localidade ribeirinha está com estrada interditada

Idosa resgatada em rede, Formosa do Rio Preto, Bahia, Cadeado, Princípio da dignidade humana, Dignidade humana
Reprodução

Da Redação | Uma idosa de 85 anos precisou ser resgatada em uma rede durante a madrugada de segunda-feira (26) após passar mal na comunidade ribeirinha de Cadeado, na zona rural do município de Formosa do Rio Preto, no Extremo Oeste da Bahia. Familiares dizem que as estradas estão bloqueadas e que andaram mais de 3 km. (veja vídeo).

A cena que fere o princípio constitucional da dignidade da pessoa humana não parece se passar em um dos municípios mais ricos da Bahia. Registrada em vídeo por familiares revoltados, as imagens mostram a mulher carregada em uma rede e segundo narrador, todos percorreram cerca de 3 km por um trecho de serra, por uma via estreita, com uso de lanterna, até alcançar um carro particular que os esperava e conduzí-la até a unidade de saúde. Um neto da idosa desde a manhã de segunda-feira (26) procura as autoridades do município e estaduais. Além de registro de boletim de ocorrência na delegacia de polícia, ele procurou o Ministério Público da Bahia.

LEIA MAIS: Portal do Cerrado

O local tem três acessos, mas segundo o neto da mulher duas estradas estão intransitáveis para carros devido a uma cratera no meio da via e outra necessita de pontes, com o trajeto feito somente por motocicletas ou a cavalo. A outra estrada, segundo o vídeo que já circula nas redes sociais, teria sido fechada por um fazendeiro que comprou uma área de terra vizinha ao povoado. O site não conseguiu localizar o proprietário para pedir um posicionamento, mas o espaço segue aberto.

Idosa resgatada em rede, Formosa do Rio Preto, Bahia, Cadeado, Princípio da dignidade humana, Dignidade humana
Povoado do Cadeado em Formosa do Rio Preto, Bahia – Foto: Google Earth

Familiares levaram a idosa para o hospital de Riachão das Neves, com encaminhamento para o Hospital do Oeste. Informações apontam para uma melhora em seu quadro de saúde nesta terça-feira.

Por se tratar de uma área de geraizeiros e ribeirinhos, o site pediu um posicionamento da Secretaria da Promoção e da Igualdade Racial. Mas até o fechamento nesta nota, a secretaria estadual não havia posicionado.

Procurada, a princípio a prefeitura se limitou a dizer através da assessoria de imprensa “que já existe um procedimento instaurado no Ministério Público.”

Vídeo: Divulgação
Sobre Redação 5837 Artigos
Perfil da redação do site Portal do Cerrado, site com notícias do Brasil, Bahia e em especial a região Oeste do estado
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

5 Comentários
Mais antigas
O mais novo Mais Votados
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Ana

Situação difícil 🙁

Normalice

Extremamente!

DEIXA QUIETO

Muito triste essa situação. Ninguém merece isso, nem mesmo doente.
Pena que esse jornaleco não liga pra ninguém, só precisa enxergar alguma coisa enquanto Neo está na prefeitura, pra poder alavancar a candidatura caída de Bira. O motivo dessa postagem não passa de jogo político.
Desejo melhoras pra essa senhora, e justiça para a família pela situação.

Normalice

Aplausos ao redator responsável por esse texto, ser omisso ao direito de ir e vim em um município tão rico é um ato irresponsável. O dinheiro do povo está sendo mal usado, recentemente vimos o dinheiro da saúde sendo gasto com exames feminino!? Surreal!!!
A educação está andando a reboque e assim continua…

Normalice

Correção: …recentemente vimos o dinheiro da saúde sendo gasto com exames feminino sendo realizados em homens…