Gás de cozinha tem segundo aumento de preço do ano na Bahia

Na Bahia, a forma como o preço é definido difere do restante do país, após privatização há dois da Refinaria Landulpho Alves.

Gás de cozinha, preço, aumento, Bahia
Valor de gás de cozinha tem segundo aumento do ano na Bahia - Foto: Reprodução: Agência Brasil

Com o g1

Com o segundo aumento do ano na Bahia, o gás de cozinha deve ficar R$ 3 em média mais caro a partir desta quarta-feira (1º). A avalição é do Sindicato dos Revendedores de Gás do Estado da Bahia – Sindrevgas.

Em Formosa do Rio Preto, o preço médio praticado até ontem, girava em torno de R$ 150 o botijão de 13 kg. Agora deve beirar os R$ 155.

Conforme o g1, em fevereiro houve reajuste de 8,2%, deixando o botijão mais caro entre entre R$ 5 e R$ 7.

Na Bahia, a forma como o preço é definido difere do restante do país, já que a precificação é feita pela Acelen e não pela Petrobras. Vale lembrar que Acelen assumiu a Refinária Ladulpho Alves na Bahia, após privatização há dois anos, ainda durante o Governo Bolsonaro.

Em nota, a Acelen disse que os preços dos produtos produzidos na Refinaria de Mataripe seguem critérios de mercado que levam em consideração variáveis como custo do petróleo, que é adquirido a preços internacionais, dólar e frete, podendo variar para cima ou para baixo.

A empresa afirmou que tem uma política de preços transparente, amparada por critérios técnicos, em consonância com as práticas internacionais de mercado.

Reajuste no preço do gás realizados em 2022 e 2023:

2022:

03/02/22 + R$ 4,45
01/03/22 + R$ 1,51
11/03/22 + R$ 2,95
01/05/22 + R$ 5,94
01/07/22 + R$ 4,26
01/09/22 + R$ 5,00

2023:

01/02/23 + R$ 5,00
01/03/23 + R$ 3,00

Sobre Redação 6225 Artigos
Perfil da redação do site Portal do Cerrado, site com notícias do Brasil, Bahia e em especial a região Oeste do estado
3 1 voto
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários