Governo anuncia 4ª dose contra Covid para imunossuprimidos

Imunocomprometidos poderão receber a quarta dose em um período de, no mínimo, quatro meses após a administração da terceira dose.

Divulgação/Reprodução

O Ministério da Saúde anunciou, ontem (20), que a 4ª dose dos imunizantes contra a Covid-19 para imunossuprimidos poderão buscar pela vacina quatro meses após a administração da terceira dose.

De acordo com a pasta, a medida foi tomada considerando a “tendência de redução da efetividade das vacinas contra a Covid-19 com o passar do tempo”. O ministério ressaltou que, por essa razão, vai “mudar a estratégia de vacinação” de pessoas com idade de 18 anos ou mais.

Imunocomprometidos poderão receber a quarta dose em um período de, no mínimo, quatro meses após a administração da terceira dose. A medida vale apenas para pessoas maiores de 18 anos de idade.

Poderão tomar a 4ª dose do imunizante pessoas com imunodeficiência primária grave; aqueles que realizaram quimioterapia para câncer; transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas; pessoas vivendo com HIV/AIDS; pessoas que fazem uso de corticoides em doses iguais ou maiores que 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por 14 ou mais dias; pessoas que fazem uso de drogas modificadoras da resposta imune; pessoas com doenças autoinflamatórias ou intestinais inflamatórias;
pacientes em hemodiálise; e pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários