Governo da Bahia investe mais de R$ 180,8 milhões na saúde da região Oeste

Unidade de Alta Complexidade em Oncologia no Hospital do Oeste - Foto: Governo da Bahia

Nos últimos 15 anos, o oeste da Bahia viu o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesab), levar saúde para quem mais precisa. Somente no período entre 2007 a 2022, mais de R$ 180,8 milhões foram investidos na região, que compreende o território da Bacia do Rio Grande, composto por 14 municípios, e o território da Bacia do Rio Corrente, com 11 cidades consorciadas.

Nos municípios de Angical, Baianópolis, Barreiras, Buritirama, Catolândia, Cotegipe, Cristópolis, Formosa do Rio Preto, Luís Eduardo Magalhães, Mansidão, Riachão das Neves, Santa Rita De Cássia, São Desidério e Wanderley, foram investidos mais de R$ 119,9 milhões, sendo que, somente de obras, o montante ultrapassa os R$ 49,3 milhões. Nesse período, a região foi contemplada com diversas obras de ampliação, construção de novas alas hospitalares, Unidade de Pronto Atendimento e Policlínica Regional de Saúde, além de um Hemocentro.

No município de Barreiras, por exemplo, os investimentos em saúde mudaram a vida de milhares de baianos, garantindo atendimento de qualidade e acesso a tratamentos específicos que antes eram encontrados somente na capital. O Hospital do Oeste recebeu novas alas, representando um aporte de peso para a saúde de toda a região, além da entrega da nova Radioterapia e reforma do Bloco Oncológico da unidade e da Casa da Gestante, Bebê e Puérpera. “Trabalhamos de forma incessante para garantir atendimento de qualidade para toda a população, e na região oeste não tem sido diferente. Com essas últimas entregas, o complexo do Hospital do Oeste passa a ter ainda mais estrutura para oferecer atendimento oncológico, trazendo mais conforto ao paciente que, a partir de agora, pode realizar o tratamento perto de casa, sem se deslocar para outros municípios”, destaca a secretária da Saúde do Estado, Adélia Pinheiro.

E os investimentos na Bacia do Rio Grande não param por aí. Somente para a compra de ambulâncias e equipamentos, foram destinados mais de R$ 10,1 milhões, que garantiram a entrega de 48 veículos e diversos equipamentos de saúde para toda a região.

Os investimentos também são expressivos nos municípios de Brejolândia, Canápolis, Cocos, Coribe, Correntina, Jaborandi, Santa Maria da Vitória, Santana, São Felix do Coribe, Serra Dourada e Tabocas do Brejo Velho, que compõem o território da Bacia do Rio Corrente. A região recebeu um total de mais de R$ 60,8 milhões em investimentos, entre construção de unidades por meio de convênios, reformas, equipamentos, ambulâncias e uma Policlínica Regional de Saúde, localizada em Santa Maria da Vitória. “Somente na policlínica, o investimento foi superior a R$ 29,3 milhões, sendo mais de R$ 13,4 milhões em obras físicas e R$ 15,9 milhões em equipamentos e veículos. O espaço oferece atendimento em diversas especialidades médicas, além da realização de exames como ressonância magnética, tomografia computadorizada, entre outros”, completa Adélia Pinheiro.

Ao todo, foram destinadas 70 ambulâncias para os municípios da região que, juntamente com os equipamentos de saúde, somam um aporte de mais de R$ 9,2 milhões.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários