Morre em Salvador Roque Aras, pai do procurador-geral da República

Bahia, Roque Aras, Augusto Aras, procurador-geral da República, Salvador, Bahia

Bahia, Roque Aras, Augusto Aras, procurador-geral da República, Salvador, Bahia
Morre Roque Aras, pai do procurador-geral da República, Augusto Aras - Foto: Redes sociais

Com o jornal Correio | Salvador – Bahia

Roque Aras, pai do procurador-geral da República, o advogado e ex-politico morreu aos 90 anos, nesta segunda-feira (28) em Salvador, na Bahia. A OAB-BA confirmou a morte dele com uma nota de pesar. Augusto Aras é filho do primeiro casamento dele.

Advogado de formação, Roque Aras foi juiz do Trabalho e instalou a 1ª Junta de Conciliação e Julgamento (JCJ) de Feira de Santana, também na Bahia. Também enveredou na carreira política, tendo sido vereador na cidade de Feira de Santana em 1970, deputado estadual (1974), deputado federal (1978), presidente do MDB da Bahia e candidato ao Senado (1986). 

Atuou também como secretário da OAB-BA e como procurador-geral de Salvador. Aras foi aprovado no primeiro concurso para a Advocacia Geral da União (AGU). 

A Associação Nacional dos Advogados da União (ANAUNI) fez uma homenagem a ele, com um prêmio que leva o seu nome. A iniciativa destaca monografias de advogados da União.

Natural de Monte Santo, o baiano Roque Aras deixa esposa, Nélia Pimentel, cinco filhos – Augusto Aras, Lina Maria, Roque Aras Júnior, Wanessa Maria e Viviane -, netos, bisnetos e sobrinhos. O sepultamento está marcado para às 17h, no Cemitério Campo Santo, em Salvador.

Sobre Darlan Alves Lustosa 8004 Artigos
Darlan Lustosa é formosense que gosta da escrita e acredita que a política é um meio de transformação da vida das pessoas.Vive e mora em Formosa do Rio Preto, no extremo Oeste da Bahia, com registro profissional 6978/BA e sindicalizado, sobretudo para fortalecer a causa e defender direitos.
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários