Mulheres do Oeste da Bahia propõe em livro uma mensagem para cada dia do ano

Projeto foi lançado no último sábado (28) em Barreiras, com participação de três mulheres de Formosa do Rio Preto. E-book está disponível para baixar.

Projeto foi lançado no último sábado (28) na Academia Barreirense de Letras - Foto: Divulgação

Reunidas em 2021, escritoras de Formosa do Rio Preto, se juntaram a outras mulheres do Oeste da Bahia, para concretizarem o projeto literário – Fraternidade em Movimento – 365 dias, propondo escrever uma mensagem para cada dia do ano. As professoras Eldeci Serpa, Rita de Cássia Gomes, nascidas em Formosa do Rio Preto e Maria Augusta Serpa, que adotou esta terra como sua, tem suas contribuições anotadas no mês de outubro.

O projeto no formato e-book já estava disponível desde o dia 31 de dezembro de 2022, mas no último sábado (28), na Academia Barreirense de Letras, na cidade de Barreiras, no Oeste da Bahia, as autoras receberam um exemplar físico da obra.

Lançamento do projeto literário – Fraternidade em Movimento – 365 dias – na ABL em Barreiras/Bahia – Foto: Divulgação

Ao longo do ano passado, vinte mulheres, algumas com experiências com a escrita profissional, outras se permitindo a fluir na escrita pela primeira vez, a partir de suas leituras de mundo, suas formações e crenças religiosas, teceram pensamentos em torno do cotidiano humano, convidando o leitor à vivência da Fraternidade em sua plenitude.

A obra também contou com a participação das escritoras, Adilma Vilela e Miriam Hermes, ambas da ABL – Associação Barreirense de Letras, com textos que fazem parte da orelha do livro físico, que será apenas para o acervo pessoal das autoras.

Eldeci Serpa, Maria Augusta Serpa e Rita de Cássia Gomes – Foto: Divulgação

A proposta do projeto literário é disponibilizar o livro em formato digital, podendo alcançar mais pessoas e de alguma maneira auxiliá-las em suas travessias diárias ao longo do novo ano que inicia.

Para as escritoras, o livro só tem vida e sentido quando encontra seus leitores. A obra só terá completude com a interação com o leitor, a partir de suas impressões, sentimentos despertos, inquietações.

Por isso, as escritoras convidam cada pessoa a ser boa mensageira, enviando o livro para outras pessoas. Assim, criando uma ciranda fraterna, oportunizando a todos o encontro com mensagens edificantes.

O projeto foi organizado pelas autoras Ananda Lima e Éllen Sodré.

O livro pode ser acessado aqui

Sobre Redação 6089 Artigos
Perfil da redação do site Portal do Cerrado, site com notícias do Brasil, Bahia e em especial a região Oeste do estado
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários