Protagonismo feminino: Mulheres formosenses presentes em evento de economia popular e solidária em Feira de Santana

Evento que começou no dia 14, terminou no sábado (16).

Fotos: Allan Lustosa

Produtos do artesanato de Formosa do Rio Preto estiveram presentes na IV Feira de Economia Popular Solidária: Saberes e Sabores, de iniciativa da Cáritas Nordeste 3, juntamente com o Movimento de Organização Comunitária (MOC). O evento que começou no último dia 14, em Feira de Santana, a 100 km de Salvador, terminou no sábado (16).

Duas formosenses levaram os produtos do artesanato produzido na comunidade de Cacimbinha, no Alto Gerais do Rio Preto. Além da comercialização de produtos feitos por grupos sócio-produtivos majoritariamente feminino, houve também apresentações culturais e produtos para as mulheres.

Por lá estiveram as ativistas dos movimentos sociais Áurea Ayres e a representante da comunidade quilombola do Buritizinho e Barra do Brejo, Taiane.

Foto: Allan Lusttosa

Ao todo, cerca 50 empreendimentos da Bahia e Sergipe, acompanhados pela Rede Balaio de Solidariedade – rede agroecológica criada pela Cáritas Nordeste 3 em 2019 –, MOC e Centro Público de Economia Solidária (Cesol) Sisal e Portal do Sertão, expuseram e comercializaram os itens produzidos, além da tenda de práticas integrativas com atividades de autocuidado,

Mais de 90% dos grupos que atuam na economia popular solidária têm como protagonistas em sua composição as mulheres que buscam nessa outra forma de economia a geração de renda e emancipação de suas vidas e famílias. São mulheres que atuam na produção de artesanatos, alimentos e itens diversos feitos de forma coletiva numa perspectiva envolta pelo cooperativismo, autogestão, solidariedade, sustentabilidade e preço justo.

Com informação da Bahia Econômica.

Sobre Redação 5858 Artigos
Perfil da redação do site Portal do Cerrado, site com notícias do Brasil, Bahia e em especial a região Oeste do estado
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários