O choro de Nilo; político se manifesta após reunião para definir vice de ACM: ‘Tá difícil’

Deputado não assumirá a vaga na chapa do ex-prefeito de Salvador

Marcelo Nilo na visita a Formosa do Rio Preto alimentava a esperança de ser vice de Neto. - Foto: Portal do Cerrado

O deputado federal Marcelo Nilo (Republicanos) usou as redes sociais na manhã de ontem (3) e visivelmente emocionado pediu orientação a Deus para passar por “esse momento difícil”. A publicação foi compartilhada, após o parlamentar afirmar que não será candidato a vice-governador na chapa de ACM Neto (União Brasil).

Nilo que era do PSB, deixou a base do governador Rui Costa, com a promessa que seria o vice na chapa do pré-candidato ACM Neto. Por duas vezes, ele foi presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – Alba, na época com o apoio do então governador Jaques Wagner. Queria um terceiro mandato mas foi desaconselhado. Em 2018 foi eleito deputado federal com mais de 115 mil votos.

Na terça-feira (2), ACM Neto havia se reunido com o Republicanos, partido de Marcelo Nilo, para debater sobre a escolha do vice. Com a saída do ex-esquerdista, a mídia da capital baiana tem dito que as atenções agora se voltam para José Ronaldo (UB), ex-prefeito de Feira de Santana, em uma chapa puro sangue.

Profecia e Provocação

Nesta quinta-feira (4), ao site Bahia.ba, um ex-aliado do deputado Marcelo Nilo, fez questão de provocar o parlamentar, após ser descartado por ACM Neto para ser seu vice.

O político relembrou a profecia do governador Rui Costa (PT), que em entrevista à Rádio Metrópole em abril deste ano, disse que Nilo não seria “candidato a nada”.

“Olhe, Rui profetizou. Agora, imagino Marcelo arrependido, triste, desolado. O que ACM Neto fez foi o esperado para quem conhece Neto. Marcelo Nilo se precipitou mais uma vez. Essa daí vai direto para a conta dele, não adianta colocar na conta de outra pessoa. Marcelo Nilo não deve mesmo ser candidato”, ressaltou.

Ainda na terça, o pré-candidato do União Brasil ao Governo do Estado comentou, sobre a definição da vaga. “Não adianta ser apenas a minha vontade. Eu tenho que conciliar a minha vontade, o meu desejo, com as condições políticas”, disse Neto na ocasião.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários