Polícia suspeita que médica tenha matado filho de 3 anos.

Depois do crime, a servidora da Secretaria de Saúde teria tentado se matar. Ela está internada no Instituto Hospital de Base DISTRITO FEDERAL

A médica está internada na ala de psiquiatria do Hospital de Base. Foto: Pinterest | Portal Metropoles.com
A família mora no 4º andar | Na janela objetos da criança morta | Foto: Portal Metropoles.com

Uma médica de Brasília foi presa, na noite desta quarta-feira (27), suspeita de matar o próprio filho, de 3 anos, por overdose de medicação. De acordo com a polícia, a criança estava morta sobre a cama e, ao seu lado, havia uma mamadeira com leite. Também foram encontrados envelopes de remédios de uso controlado no lixo. A mulher tem 34 anos e sofre de depressão, segundo informações do Samu. Testemunhas contaram que a médica fez um corte no próprio pescoço e correu pelas escadas do prédio, localizado na 210 Sul quanto andar do bloco j da capital federal.

Ela foi contida pelo porteiro. A polícia foi chamada quando os vizinhos perceberam que o menino não acordava. A criança foi socorrida no Hospital Materno-Infantil de Brasília (Hmib), mas os médicos não conseguiram reanimá-lo.

A hipótese de overdose, levantada pelos investigadores, só pode ser confirmada com o laudo do Instituto Médico Legal (IML).

A mãe está internada no Hospital de Base, sob escolta policial. Ela deve responder por homicídio qualificado, com agravante por ter matado um menor de 14 anos.

Sobre Darlan Alves Lustosa 7983 Artigos
Darlan Lustosa é formosense que gosta da escrita e acredita que a política é um meio de transformação da vida das pessoas.Vive e mora em Formosa do Rio Preto, no extremo Oeste da Bahia, com registro profissional 6978/BA e sindicalizado, sobretudo para fortalecer a causa e defender direitos.
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários