Professores da rede municipal de Formosa do Rio Preto paralisam atividades nesta terça-feira

APLB Sindicato também convocou assembleia para a manhã de terça-feira

Sede APLB - Sindicado em Formosa do Rio Preto - Foto: Portal do Cerrado

Professores da rede municipal de ensino de Formosa do Rio Preto no extremo Oeste baiano, fazem nesta terça-feira (17) paralisação total das atividades para pedir o cumprimento do aumento de 33,24% concedido pelo Governo Federal. Também nesta terça-feira, o sindicato da categoria convocou uma assembleia para às 8h na sede da APLB Sindicado.

Néo Araújo (PSD) no entanto enviou para Câmara de Vereadores o Projeto de Lei nº 18 com 14% de aumento, retroativos ao mês de janeiro de 2022. Os profissionais prometem ocupar todos os assentos durante sessão ordinária na Câmara de Vereadores a partir das 18h, uma vez que o Projeto foi enviado em regime de urgência.

O Sindicato tem se mobilizado em reuniões em sua sede. Na semana passada, palestrou para um plateia pequena o ex-deputado federal Severiano Alves, autor da Lei 11.738 de julho de 2008, que instituiu o piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica.

Em janeiro de 2022, o presidente Jair Bolsonaro anunciou reajuste de 33,24% no piso salarial dos professores da educação básica. Segundo a Agência Brasil, o aumento leva em consideração o valor, por aluno, pela variação da inflação nos últimos dois anos, conforme prevê a Lei do Magistério. 

Com Agência Brasil

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Comentários
Mais antigas
O mais novo Mais Votados
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
Deixa quieto

Prefeito é da oposição. Agora a APLB faz paralisação, faz movimento. Mas se fosse o aliado duvido se teria isso. Não veria, não ouviria, não falaria e não faria nada.
Isso não é pelo bem dos professores, é pelo bem político. Dorzinha de cotovelo… E o Jornalzinho aqui, gosta disso…
Aguenta. São mais dois anos, depois vem mais 4 anos…

Valf1962

A APLB ressuscitou??????