Sobe o número de mortos em ataque a escola em Santa Catarina

Uma funcionária ferida no ataque à escola Pró-Infância Aquarela, na cidade de Saudades no Oeste de Santa Catarina, não resistiu aos ferimentos e morreu em uma unidade de saúde do município. Com isso, o número de mortos sobe para cinco.

A Polícia Civil informou ao portal UOL que três crianças com menos de 2 anos morreram no local assim também como uma professora.

De acordo com o 2º Batalhão da PM de Chapecó, que prestou apoio à ocorrência, a corporação começou a receber várias ligações de moradores e funcionários pedindo socorro por volta das 10h35. Segundo os relatos, um pessoa que entrou na escola estava golpeando alunos e professores com um facão.

O jovem de 18 anos que teria feito o ataque com um facão logo após às 10h00 desta terça-feira (4), está em estado gravíssimo em um hospital na cidade vizinha de Pinhalzinho. Após o ataque ele deu golpes no próprio corpo e também foi atacado por populares com barras de ferro.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários