Três pessoas morrem e 4 são internadas após ingestão de ‘cachaça batizada’ no Oeste da Bahia

Trabalhadores mortos eram moradores de Porto Novo, em Santana — Foto: Cleriston Frota/PMS

Três pessoas morreram na tarde desta sexta-feira (20) depois de beber “cachaça batizada” e quatro passaram mal, dentro de um ônibus, na cidade de São Félix do Coribe no Oeste da Bahia.

Conforme o G1, um grupo de trabalhadores estava no ônibus, de onde seguiria para outra fazenda na região, quando um dos trabalhadores ofereceu uma dose de bebida aos colegas. Ao ingerir o líquido, as sete pessoas começaram a passar mal ainda no ônibus. Algumas vítimas tiveram convulsões. A situação causou desespero nos demais trabalhadores. O Correio disse que todas as vítimas eram prestadoras de serviços e aguardavam o pagamento, quando o fato aconteceu.

As três pessoas eram moradoras da cidade de Santana também no Oeste da Bahia. As vítimas foram identificadas como Vitor Oliveira de Assis, de 17 anos, Marcone Ferreira de Souza, 36 anos, e Igor Gabriel Santos Conceição, de 19 anos.

Os hospitalizados foram identificados como Anderson Santos das Neves, de 30 anos, Elena Deziderio Bispo, de 51, Soniele Alves da Silva, de 18, e Carina Catia dos Santos de 40. De todos, o estado mais preocupante é o de Carina, que está em estado grave, internada no hospital de Santa Maria, local onde também está Elena, em observação – ela passa bem. As outras duas vítimas estão no hospital de Barra, sendo que Anderson precisou ser entubado.

Os trabalhadores hospitalizados também são moradores de Porto Novo e alguns do município de Serra do Ramalho. O caso é investigado na 26ª Coordenadoria Regional de Polícia Civil (26ª Coorpin) de Santa Maria da Vitória. Os corpos estão no Departamento de Polícia Técnica de Bom Jesus da Lapa, onde deve ser feita a necropsia e o exame toxicológico para identificar que substância teria sido ingerida pelos trabalhadores.

rabalhadores do distrito de Porto Novo morreram intoxicados — Foto: Fala Porto Novo/g1

O homem que ofereceu a bebida às vítimas já ouvido pela polícia, mas a oitiva dele não foi divulgada.

A prefeitura de Santana divulgou nota onde lamenta a morte e diz que a gestão municipal acompanha as autoridades para esclarecer os fatos, além de prestar assistência jurídica, médica e psicológica aos familiares das vítimas fatais e dos hospitalizados.

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários