Abapa disponibiliza capacitação para Coordenador e Executor de Aviação Agrícola

(divulgação)

Faixas salariais atrativas, mercado aquecido e busca pela sustentabilidade despertam interesse do público para os novos cursos que a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) vai oferecer, nas semanas dos dias 04 e 11 de julho, através do seu Centro de Treinamento (CT), em Luís Eduardo Magalhães/BA.

Tratam-se de qualificações para Coordenador de Aviação Agrícola (CCAA) e Executor de Aviação Agrícola (CEAA), duas profissões estratégicas e em alta na moderna agricultura do cerrado brasileiro, onde se insere o Oeste da Bahia. O treinamento será gratuito, para os associados da entidade, e é o resultado de um convênio da associação com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), em parceria com as empresas ABA Manutenção de Aeronaves e Sabri.

Coordenadores e Executores de Aviação Agrícola são profissionais que ficam em solo e analisam todas as condições necessárias para o trabalho dos pilotos, definindo, inclusive, quando a operação não pode ser realizada.

Os coordenadores são engenheiros agrônomos, e, neste caso, os responsáveis legais pela atividade. Já os executores, como o próprio nome sugere, são aqueles que põem em prática as deliberações do coordenador, uma função que pode ser executada por técnicos agrícolas e agropecuários. Os salários variam entre R$7,5 mil e R$12 mil, para os coordenadores e de R$2,5 mil a R$5 mil para executores.

O preparo da “calda” que será pulverizada e o seu uso preciso são parte das atribuições desses profissionais, estratégicos para a sustentabilidade da propriedade.

“É difícil imaginar a agricultura brasileira prescindindo da aviação agrícola. Por isso, ela precisa ser praticada dentro do rigor técnico, respeitando a legislação vigente e levando em consideração todas as questões ambientais, sociais e econômicas envolvidas. Cada gota conta e precisa ser usada racionalmente. Para isso, é fundamental analisar a direção dos ventos, condições meteorológicas, diluição e outros fatores. Estes profissionais garantem a segurança técnica nas operações com aviação agrícola e, por isso, este curso é tão importante”,

diz o presidente da Abapa, Luiz Carlos Bergamaschi.

Ele ressalta que esta é a primeira vez que uma associação de produtores promove estes cursos no Brasil.

Serviço

Executor de Aviação Agrícola (CEAA)

Data: de 04 a 08 de julho de 2022
Horário: das 8h às 12h e das 14h às 18h
Local: CT – Abapa / Luís Eduardo Magalhães
Carga horária: 46 horas

Coordenadores de Aviação Agrícola (CCAA)

Data: de 11 a 16 de julho de 2022
Horário: das 8h às 12h e das 14h às 18h
Local: CT – Abapa / Luís Eduardo Magalhães
Carga horária: 42 horas

0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários