Bahia inicia emissão da nova Carteira de Identidade Nacional

Atendimento inicial começa para a capital baiana. Ainda não há prazo para os serviços no interior do estado.

Bahia inicia emissão da nova Carteira de Identidade Nacional (SIN)
Primeira via será gratuita para todos os cidadãos e poderá ser solicitada, mediante agendamento, no site ou aplicativo do Governo do Estado. — Foto: Itep/Divulgação

A partir desta terça-feira (9), os cidadãos da Bahia poderão agendar a emissão da nova Carteira de Identidade Nacional (CIN), documento que substituirá o Registro Geral (RG). O agendamento pode ser feito pelo site ou aplicativo do Governo do Estado, para atendimento, inicialmente nos postos SAC Pituaçu e Salvador Shopping, na capital. A primeira via será gratuita e a previsão de entrega é de 15 dias.

LEIA MAIS: Portal do Cerrado

Inicialmente, o Departamento de Polícia Técnica (DPT) havia informado que a emissão seria restrita a um público específico. No entanto, segundo comunicado divulgado na segunda-feira (8), todos os cidadãos poderão acessar o serviço. Não há previsão para a emissão do novo documento nas cidades do interior do estado. O gerno lançou novo sistema de identificação em uma solenidade no SAC do Terminal Pituaçu, na manhã de hoje.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) emitirá a nova Carteira de Identidade Nacional através do Instituto de Identificação Pedro Mello (IIPM). O documento terá um número unificado com o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e seguirá padrões internacionais, incluindo o código MRZ, similar ao do passaporte, que facilita a entrada em países do Mercosul.

Segundo a Griaule, da empresa responsável pela tecnologia de reconhecimento biométrico utilizada no projeto, um dos desafios técnicos é comparar todas as biometrias coletadas (dedos e face) com a base de dados de toda a população do estado, sem causar filas. Thiago Ribeiro, diretor de Negócios da Griaule, afirmou que a tecnologia garante a unicidade da pessoa no sistema, com transmissão de dados criptografada para proteger informações sensíveis.

A Bahia é um dos últimos estados a iniciar a emissão da nova Carteira de Identidade Nacional, com o prazo inicial previsto para 11 de janeiro tendo sido adiado para 31 de maio devido a atrasos na integração do Sistema de geração do QR Code, operacionalizado pelo Ministério da Justiça. Roraima e Amapá também enfrentaram atrasos similares.

Carteira de Identidade Nacional

A nova Carteira de Identidade Nacional será obrigatória, substituindo gradualmente o antigo RG, que continuará válido até 28 de fevereiro de 2032. A nova identidade utiliza o CPF como número único para identificação nos bancos de dados de serviços públicos, reduzindo a possibilidade de fraudes. Além disso, o documento conta com um QR Code para verificar autenticidade e identificar furtos ou extravios.

Para emitir a nova identidade, é necessário apresentar a certidão de nascimento ou casamento, em formato físico ou digital. O documento será expedido em papel de segurança, cartão de policarbonato (plástico) e formato digital. A primeira via e as renovações são gratuitas, mas a segunda via é paga, com taxas variando por estado. A versão em policarbonato também terá custo adicional.

Sobre Darlan Alves Lustosa 8013 Artigos
Darlan Lustosa é formosense que gosta da escrita e acredita que a política é um meio de transformação da vida das pessoas.Vive e mora em Formosa do Rio Preto, no extremo Oeste da Bahia, com registro profissional 6978/BA e sindicalizado, sobretudo para fortalecer a causa e defender direitos.
0 0 votos
Classificação do artigo
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários